A trajetória de Thiago Galhardo no Inter pode estar se aproximando do final. O atacante, que foi liberado das atividades nos últimos dias — inclusive da partida contra o Fluminense —, está com a permissão para encontrar um novo destino. Há tentativas para colocar o camisa 17 em outro clube. Porém, existem restrições pelo alto custo necessário para receber o jogador.

Após ser liberado do jogo de domingo, o atleta viajou para o Rio de Janeiro para resolver problemas particulares, segundo a versão oficial repassada por dirigentes e pelo representante do jogador. Nos bastidores, a conversa entre as partes, ocorrida na última sexta-feira (13), escancarou a possibilidade de transferência.

São dois fatores, no entanto, que podem dificultar a saída. O primeiro envolve a janela de transferências. Aos 32 anos e com passagem pelo futebol asiático, Galhardo teria o desejo de fazer um contrato vantajoso. No começo de 2021, o Al-Hilal, dos Emirados Árabes, chegou a um acerto com ele, mas não confirmou a transação. Há esperança de que uma nova oferta possa chegar nas próximas semanas.

Recentemente, surgiu a especulação de que Miguel Ángel Ramírez teria recomendado a contratação do atleta no seu projeto nos Estados Unidos: montar o Charlotte FC. Porém, as atividades na MLS serão iniciadas apenas na próxima temporada.

No futebol brasileiro, apenas o mercado para a Série B está viável no momento, porque o atacante já disputou nove partidas pelo Colorado — o limite para defender outro clube é de sete. Com isso, acredita-se que apenas as principais equipes na divisão de acesso à elite nacional poderiam viabilizar a contratação. Porém, no Cruzeiro está Vanderlei Luxemburgo, com quem o jogador teve atritos no Vasco, outro clube que pode ser descartado.

O Inter pretende lucrar com uma eventual liberação, mas não descarta até mesmo dividir os pagamentos mensais do atleta em outra equipe. Caso confirmada a transferência, uma reposição deverá ser buscada para o ataque. Apesar da origem na meia, Galhardo é atacante no Beira-Rio. A comissão técnica deseja contar com mais extremas, e o valor mensal poderá ser investido na busca deste reforço.

O contrato entre as partes tem duração até o final de 2022. O camisa 17 fez 82 partidas e marcou 34 vezes pelo Colorado.