9th December 2020 La Bombonera Stadium, Buenos Aires, Argentina Libertadores Cup, Boca Juniors versus Internacional Bruno Praxedes of Internacional PUBLICATIONxNOTxINxUK ActionPlus12253390 MaxxPeixoto

Bruno Praxedes deixou o Inter rumo ao Bragantino para amenizar o problema no caixa do clube gaúcho. Os altos valores envolvidos na negociação colocaram a venda do meio-campista ao Massa Bruta como a terceira maior da história no mercado interno.

Para retirar o jogador de 19 anos do Beira-Rio, a equipe paulista pagou R$ 35,9 milhões. Deste montante, o Inter ficou com cerca de R$ 33 milhões, repassou 60% dos direitos ao Bragantino e ainda manteve 10% de uma futura venda. O atleta vendeu também 5% de sua fatia própria, completando a quantia.

O Fluminenses optou por permanecer com os seus 10% e não receber valor nenhum no momento pela negociação. A venda foi montada com 100% dos direitos econômicos de Praxedes cotados a 8,5 milhões de euros (R$ 55 milhões na cotação de R$ 6,5 usada) e fatiados a partir dos acordos.

Praxedes, Bragantino — Foto: Ari Ferreira / RB Bragantino

O numerário desbanca Michael do “pódio”. O atacante foi comprado pelo Flamengo junto ao Goiás por R$ 34,5 milhões no ano passado. Acima da dupla estão Arrascaeta, que deixou o Cruzeiro e também rumou ao Rubro-Negro, mas em 2019. Na ocasião, a negociação saiu por R$ 63,7 milhões e podia ser ainda maior.

Atrás do uruguaio, vem Leandro Damião. Em 2013, o centroavante deixou o Beira-Rio pela primeira vez após ser adquirido pelo fundo de investimentos maltês Doyen Sports por R$ 41,8 milhões. Na transferência, o grupo repassou o atleta ao Santos.

Maiores vendas

* Arrascaeta: R$ 63,7 milhões do Flamengo para o Cruzeiro
* Leandro Damião: R$ 41 milhões do Doyen Sports para o Inter
* Praxedes: R$ 35,9 milhões do Bragantino para o Inter
* Michael: R$ 34 milhões do Flamengo ao Goiás

A venda de Praxedes era fundamental pela questão financeira para o Inter, que tem a necessidade de fazer R$ 90 milhões em negociações no ano. O número é previsto no orçamento colorado.

Revelado pelo Fluminense, Praxedes chegou ao clube gaúcho em 2019. No ano passado, ainda pelo sub-20, foi um dos expoentes da conquista da Copinha pelo Colorado.

O rendimento chamou atenção de Eduardo Coudet. O então treinador logo o promoveu, mas Praxedes não conseguiu se firmar entre os titulares.

Após a chegada de Abel Braga, o meia ganhou destaque. Terminou como titular e uma das principais peças na campanha que culminou com o vice-campeonato do Brasileirão. Na atual temporada, já sob o comando de Miguel Ángel Ramírez, iniciou entre os titulares, mas perdeu a vaga na sequência.

Praxedes disputou 54 partidas pelo clube gaúcho. Anotou dois gols. O mais recente na goleada sofrida de 5 a 1 para o Fortaleza, em 6 de junho, quando vestiu a camisa colorada pela última vez.